Arquivo da tag: Conhecimento

O vento traz

Padrão

O vento chegou e sorriu
ao lamber as bordas da imagem
da película em movimento.
Maleável, se adapta no deslize
às rugas duma face pensativa.
Trouxe a água que escorreu pelos rochedos
e adentrou nas fissuras do aquífero
que faz brotar o rio da minha vida.
Passa o tempo em forma de percepções,
cria a vida na interação das esferas,
aprendendo em comunidade.
É de geração em geração…

Protagonismo Político Feminino

Padrão
Protagonismo Político Feminino

A parceira Liliana Peixinho me enviou pelo Facebook um artigo dela publicado na Envolverde há alguns dias. Resolvi publicar aqui pois é um texto que contribui bastante para refletirmos sobre o nosso processo eleitoral em curso, levando em conta, claro, o contexto atual de crise planetária e de um necessário salto no nosso nível de consciência. Leiam com prazer!

>>> —————————————- <<<

Por Liliana Peixinho*

A luta da mulher pela conquista de espaço, reconhecimento, direitos e inserção social acompanha o próprio desenvolvimento humano. Muito se conquistou, com certeza, com sangue, suor e lágrimas. Mídia, movimentos sociais, coletivos de trabalhadoras e a própria instituição familiar estão sempre a destacar a luta da mulher como pessoa, ser humano, mãe, trabalhadora, amiga e os mais diversos e infinitos papéis que a mulher sempre esteve, está e estará fadada a desempenhar na construção de novas civilizações. Socializar a essa discussão com ações cotidianas, focar desafios e mudanças para uma Economia circular, cidadã, sustentável é uma nova pauta na velha luta pela preservação da Vida. Leia o resto deste post

Maconha: entre liberdade de consumo e finaciamento do tráfico

Padrão
Maconha: entre liberdade de consumo e finaciamento do tráfico

Artigo de Sérgio Vidal

Segundo o relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) publicado no último dia 23 de junho, 190 milhões de pessoas em todo o globo haviam fumado maconha ao menos uma vez na vida em 2008, número equivalente ao da população brasileira. Sendo a maconha a droga ilícita mais consumida, seus usuários são muitas vezes apontados como responsáveis por boa parte do financiamento do atual mercado, que em sua maioria tem forte relação com a criminalidade e com a violência.

Não podemos continuar passando a mensagem de que não faz diferença se quem decide fumar maconha vai plantar em sua casa ou comprar numa boca de fumo

Leia o resto deste post

Uma boa iniciativa de Santos: articulação de projetos de EA

Padrão

No dia 15 de abril, acontecerá a primeira Reunião de Integração da Educação Ambiental no Município de Santos. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio do Núcleo de Educação Ambiental do Jardim Botânico de Santos, com apoio do Engenho dos Erasmos (USP).

A proposta é debater a articulação dos projetos, na perspectiva de fomentar um processo de “cidade educadora ambiental”. Uma iniciativa interessante, a partir do momento que investe no diálogo para o desenvolvimento das ações, minimizando a fragmentação dos projetos.

Ao todo 10 projetos serão apresentados nesta primeira reunião. Como são mais de 30 trabalhos, outros encontros serão agendados e em breve as datas serão divulgados.

A reunião acontecerá das 9h às 12h no Engenho dos Erasmos, em Santos. As informações são do Paulo Marco, do Jardim Botânico de Santos, que é também membro da REABS – Rede de EA da Baixada Santista. Segundo ele, estão todos convidados! =)

Este caminho, o da articulação das iniciativas, é o ponto inicial para o fortalecimento da Educação Ambiental enquanto política pública. Algo que deveria ser reeditado por cada município e que, na Baixada Santista, poderia desvelar um amplo processo regional de construção de políticas de EA.

Crédito da imagem: Maxim Malevich

———–

Veja abaixo programação: Leia o resto deste post

Cordel da pirataria

Padrão

Tem um tempão recebi este cordel que segue abaixo por e-mail e o guardei como rascunho aqui do blog. Como estou migrando meu blog do Blogger para o WordPress, hoje parei pra dar uma olhada em todo o conteúdo, no que encontrei esta divina poesia. Pela qualidade, já devia tê-la publicado faz tempo! O texto é de autoria de Cárlisson Galdino, do Bardo.

Cordel da Pirataria

Por Cárlisson Galdino

Naquele tempo antigo
Dos grandes descobrimentos
Navios cruzavam mares
Levando dor e tormento
Às terras por toda a vida
Fossem novas ou antigas
Sem respeito e violentos

Iam à costa africana
Com suborno ou então bravos
Deixavam terra levando
Dezenas de homens, escravos
Outros levavam empregados
E muitos deles, coitados,
Eram mortos por centavos

Esses homens nesses barcos
Dominavam o mar selvagem
Subjugando outros povos
Mas tinham uma boa imagem
Pois nos livros de História
Ainda hoje levam glória
Por cada dessas viagens

Nesse mar, sem ter direito
A ter u’a vida de gente
Muitos se reagruparam
Num caminho diferente
Nessa realidade ingrata
Criaram as naus piratas
E enfrentaram o mar de frente

Piratas, os homens livres
Diferiam dos demais
Dentro da embarcação
Tinham direitos iguais
Cultivavam parceria
Contra toda a tirania
Confrontando as naus reais Leia o resto deste post