Cargos de alto escalão, só para estrangeiros

Padrão

Saiu na Folha OnLine: Brasil prepara plano para ampliar mão de obra estrangeira. O plano de longo prazo anunciado pela Secretaria de Assuntos Estratégico do governo tem em vistas abrir o mercado brasileiro a trabalhadores estrangeiros, a fim de suprir a demanda por mão de obra qualificada em diversos setores.

A expectativa é adotar uma série de medidas facilitadoras, expandir o mercado nacional e passar de 1,5% de “estrangeiros qualificados” no país a pelo menos 3% num prazo de 20 anos. São medidas como permitir que estrangeiros sem trabalho garantido possam vir prospectar emprego no país, facilitar a burocracia de admissão e permitir que familiares de estrangeiros que trabalham no Brasil possam aqui trabalhar também.

Nada contra estrangeiros virem trabalhar no Brasil e, realmente, há muita burocracia que necessita ser aperfeiçoada. Mas isso enquanto prioridade estratégica, política de governo que, como bem sabemos, mantem a progressão continuada – medida que embora contribua à redução da evasão escolar também contribui para enraízar o analfabetismo funcional – e que tem precarizado a educação universitária com um sem número de ações privatistas, é prioridade a se pensar.

A se pensar pois facilitar a entrada de estrangeiros para que ocupem cargos de alto escalão no Brasil, neste contexto, nada mais é que um novo plano de longo prazo sobre como arreganhar mais ainda as pernas da nação. Enquanto nossa educação for incapaz de preparar brasileiros em larga escala para ocupar cargos de alto escalão neste mercado no qual a inteligência e criatividade são cada vez mais cruciais, a abertura do nosso mercado a trabalhadores de fora não passa disso.

Em 20 anos dá pra formar uma quantidade enorme de brasileiros muito bem qualificados caso haja investimentos reais e sólidos, de Estado, na EDUCAÇÃO e na CULTURA BRASILEIRAS.

Esta sim é uma das principais prioridades para acabar com o problema da falta de mão de obra qualificada no Brasil, alavancar o verdadeiro e necessário desenvolvimento e, não só, mas também e sobretudo, para reduzir as elefantosas desigualdades que reinam nesta república federativa e com ela a elevada criminalidade que nos assola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s