Vem aí a VAP – Virada Ambiental Paulista

Padrão
educação ambiental encontro de coletivos educadores

GT Políticas de EA do VI Encontro de Coletivos Educadores do Estado de São Paulo

Coletivos de educadores ambientais pretendem organizar em setembro, em data ainda em definição, uma mobilização geral do socioambientalismo no estado de São Paulo. O intuito é aglutinar as diversas “faunas e floras” entre os muitos segmentos articulados pela luta em torno da qualidade ambiental no estado e promover maior articulação, no sentido de fortalecer as bandeiras de lutas no cenário político-eleitoral.

Ainda em fase de amadurecimento, a ideia está sendo chamada de VAP – Virada Ambiental Paulista, seguindo o modelo da já conhecida “Virada Cultural”, que começou na capital de São Paulo e hoje diversos municípios do estado realizam. Para dar cabo à mobilização, todos os setores ocupados com a questão socioambiental estão convidados a contribuir.

O VAP configura encaminhamento do VI Encontro de Coletivos Educadores do Estado de São Paulo, que reuniu nove coletivos durante dois dias no câmpus de Botucatu da UNESP – Universidade Estadual Paulista. No cerne do VAP está a consideração de que o processo eleitoral deste ano tem um importante diferencial: maior aceitação e espaço para pautar a perspectiva da sustentabilidade, não para os candidatos, mas para a sociedade.

coruja-encontro-coletivos-educadores

Inteligência e sabedoria para a sustentabilidade

A proposta é reunir ambientalistas autênticos, educadores, juventudes, economistas solidários, consumidores conscientes, agroecologistas, movimentos de resistência urbana e rural, entre outros, durante 24 horas para a constituição de plataformas comuns que possam ser coletivamente pautadas. Na verdade, valorizar as demandas diferenciadas e valorizar a articulação, deixando os rótulos de lado, é o objetivo maior do VAP.

Durante o dia, encontros temáticos organizados por diversos setores do movimento socioambiental vão colocar em debate suas bandeiras e definir estratégias e prioridades. À noite, uma extensa programação cultural dará visibilidades às diversas regionalidades de São Paulo. Candidatos à presidência e ao governo estadual serão convidados para participar deste momento, a fim de receberem das mãos de lideranças dos movimentos suas reivindicações.

Revitalizando o ProFEA

Outro importante encaminhamento do encontro é um manifesto, a ser entregue ao Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (MEC/MMA). Nele os coletivos reivindicam avaliação e retomada do Programa de Formação de Educadores Ambientais (ProFEA), base conceitual e metodológica do política de Coletivos Educadores para Territórios Sustentáveis.

Os detalhes do manifesto estão sendo finalizados, em ambiente virtual, e em breve ele será divulgado para todos os portais e listas relacionadas com educação ambiental.

Crédito das imagens: Heloísa Prado Pinto

Anúncios

»

  1. Olá, acho essa iniciativa mais do que oportuna e me interessei muito por ela. Sou Luciana da Câmara Municipal de São Paulo e quero saber no que posso ajudar.

    Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s